quarta-feira, 21 de novembro de 2018

Estado da Educação 2017



NOTÍCIAS

Conselho Nacional de Educação diz que 2.º ciclo de escolaridade "é uma originalidade portuguesa"

TSF

A presidente do Conselho Nacional de Educação (CNE) pôs esta quarta-feira em causa a existência do 2.º ciclo, lembrando que se trata de uma "originalidade portuguesa", que "não é uma boa prática" tendo em conta o elevado número de reprovações.

Para a presidente do CNE, Maria Emília Brederode Santos, deveria ser repensada a organização do ensino básico, atualmente dividido em três ciclos, "designadamente a velha questão do 2.º ciclo [um ano para entrar e outro para sair, dadas as dificuldades assinaladas nos anos de transição", lê-se na introdução do relatório Estado da Educação 2017, esta quarta-feira divulgado.
Observador

Sem comentários:

Publicar um comentário